Um incrível safári fotográfico com Ursos Polares no Canadá

Um incrível safári fotográfico com Ursos Polares no Canadá

O cenário é de uma imensidão preenchida pela neve, lagos e icebergs despontando do horizonte no mar ao longe que contrastam com as luzes esverdeadas da aurora boreal preenchendo o céu noturno…

O norte do Canadá é uma região cuja primeira impressão é de ser inacessível e com inimagináveis temperaturas em torno de – 50ºC.

Mas aos primeiros contatos com os animais que ali habitam e com a fascinante cultura Inuit isso logo se dissipa.

Ursos Polares e outros animais vistos bem de perto

Em meio à tundra Ártica, paisagem de vegetação baixa e cujo solo está permanentemente congelado, é possível fazer trilhas e observar a vida selvagem local, com raposas abrindo caminho pela neve espessa e andorinhas e cisnes voando em rota migratória.

Mas nenhuma espécie é tão impressionante quanto a dos ursos polares. Verdadeiros reis das terras geladas, esses enormes predadores podem ser vistos e fotografados de uma proximidade considerada impossível.

Os melhores Safaris Fotográficos são quando as mamães ursas e seus filhotes passam a explorar o ambiente ártico durante o mês de março, ou quando ocorre sua migração entre outubro e novembro.

Para os mais aventureiros e ansiosos por uma foto única, é possível reservar lugar em um vôo de helicóptero ou balão, capturando a majestade dos ursos de uma maneira absolutamente emocionante!

A diferente cultura dos esquimós Inuit

O Ártico foi inicialmente explorado por indígenas conhecidos por Inuit, comumente confundidos por “esquimós”, mas que de fato não o são.

Exímios caçadores e com uma tradição secular preservada e passada dos mais velhos para as criança e cujas histórias de criação do mundo e dos espíritos animais inspiram o imaginário de civilizações modernas.

É interessante descobrir seus entendimentos sobre astronomia, religião e como se organizarem socialmente em pequenos grupos separados por enormes geleiras sem, mesmo assim, perderem contato e preservarem suas identidades culturais.

Além de sua peculiar forma de organização, os Inuits são famosos por suas produções em pinturas e esculturas que são expostas nas mais famosas galerias de arte do mundo.

Um endereço para se hospedar no Ártico

Para quem planeja visitar esta região, a maior preocupação costuma ser onde hospedar-se de maneira confortável e protegido das permanentes temperaturas negativas e tempestades de neve.

Uma antiga base naval transformada em um lodge será a melhor opção para observar a aurora boreal (Dezembro a Abril) e os filhotes de ursos polares. Com geradores, lareira, sauna e até internet, alguns quartos acomodam 1 hóspede e outros com beliche para até 4 pessoas.

Para os que desejam alcançar áreas mais remotas junto à Baía Hudson, a opção será hospedar-se em uma das 4 cabines disponíveis, cada uma com duas camas, um laptop, um guarda volume e banheiro químico com chuveiro de água quente.

Diferentemente de algumas empresas que exploram esta região em veículos motorizados e por alguns rápidos momentos de um dia, hospedar-se em um lodge ou em uma cabine garantirá uma experiência autêntica da natureza e vida animal no extremo norte do planet

Post anterior
5 Motivos para viver experiências únicas nos Castelos da Irlanda
Próximo post
Food Valley: a rota romana das delícias culinárias

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Back
SHARE

Um incrível safári fotográfico com Ursos Polares no Canadá