Qual o perfil de viagem do seu pai?

Qual o perfil de viagem do seu pai?

A tradição de celebrar o dia dos pais é realizada em diversas partes do mundo e até mesmo, em datas diferentes.   Uma maneira de marcar este momento é reunir a família para uma “viagem com o papai”.

Pensando em um roteiro que o surpreenda, quais destes perfis mais se enquadra ao do seu pai? Vamos conferir?

Pai “Gourmet ou Gourmand”

Apesar destes termos se referirem aos apaixonados por gastronomia, ambos possuem conotações diferentes. Um gourmand é um “ávido comilão”, enquanto isso um  gourmetum conhecedor de alimentos, temperos e sabores. Seja qual for o caso,  há destinos que são especialmente famosos por suas iguarias que vão encantar a todos os pais! Peru, Itália, França, Japão e Vietnam são escolhas perfeitas, seja para saborear quitutes em restaurantes com premiadas estrelas Michelin ou mesmo autenticas experiências com as deliciosas “street food”, em sua programação diária de viagem não pode faltar uma indicação de onde saborear algo delicioso.

Pai “Geek”


Ele adora saber como as coisas são feitas e como funcionam. Museu da Ciência, Vale do Silício, uma expedição em Galápagos para visitar a casa de Charles Darwin estão em sua lista de ” experiências imperdíveis”. Sente-se muito feliz quando pode conhecer outros “geeks” durante sua viagem, principalmente quando participa de um programa em grupo com interesses específicos, como: sítios arqueológicos, arte, arquitetura e história.

Pai “Sarado”


Enquanto todos da família estão em um profundo sono reparador após horas de voo, o pai “sarado” já acordou bem cedo para fazer  esteira no fitness center do hotel, enquanto mentalmente repassa todas as atividades que ele reservou para todos naquele dia:  passeio de bike, trilha e mergulho.  À tarde, passeio em um automóvel 4×4 pelas dunas. Para ele, o destino tem que apresentar desafios! Escalar o Monte Kilimanjaro na Tanzânia,  tour a cavalo pelos desfiladeiros do  Grand Canyon ou, quem sabe, um passeio de caiaque pelos fiordes da Noruega.

Pai Zen


Viajar é relaxar, renovar energias e, se possível, não fazer nada. O guia local deverá buscá-lo na porta do hotel para os passeios programados. Paradas prolongadas para o almoço, poucas caminhadas e muito Spa, Piscina e aperitivos ao por do Sol. Férias em ilhas paradisíacas, Resorts com toda a infra estrutura para que ele não tenha que sair de seu conforto é o ideal!

A lista de perfis pode ser extensa, mas para cada expectativa, um roteiro especialmente desenhado é feito para que este momento em família seja muito especial e memorável.  A Queensberry Viagens possui uma equipe especializada em viagens para famílias e programas para três gerações. Entre em contato com um de nossos consultores para maiores detalhes.

Post anterior
Geórgia - um fascinante país nas fronteiras com o Cáucaso
Próximo post
As Belezas intocadas da Mongólia

8 Comentários

  1. Regina Kiraly
    8 de agosto de 2017 de 11:04 — Responder

    Que interessante!! Essa matéria pode ajudar os agentes de viagem na sugestão de roteiros para aqueles passageiros que querem viajar mas não sabem para onde… perfeito!

    • admin
      Queensberry Viagens
      17 de agosto de 2017 de 14:42 — Responder

      Obrigada! É muito importante conhecer um pouco mais do perfil de cada um para podermos indicar roteiro certo.

  2. mario rubens almeida de mello
    8 de agosto de 2017 de 20:46 — Responder

    marselhesa, 675 – 61 b

    Interessante este e mail da “Queens”!
    Convidou-me a um profundo mergulho aos tempos idos quando, feliz da vida, vez por outra, me levava em suas viagens de trabalho e dividia os assentos, ora de um ônibus, ora de um leito de trem desbravando este interior paulista!
    Fez-me bem pensar no saudoso e querido pai que, tão cedo, ainda na maturidade (tempo de curtir a vida), com um leve sorriso de satisfação nos lábios, partiu para a maior viagem de sua vida com bilhete de ida sem direito a volta!
    Meu paizão! ávido viajante de lugares pelo mundo dos sonhos em contraposição aos tantos nos rincões do Brasil, determinados pela realidade imposta do trabalho diuturno, em uma época, tal qual um caixeiro viajante.
    …mas, o mais importante: com suas fantasiosas historias cunhou em seus filhos, seus valores, cultuados na epopeia de Marco Polo. Incutiu-me, em particular, o desafio de querer perscrutar novos horizontes.
    E, anos depois, muitos anos depois, lá fui eu, com filhos crescidos, no esplendor da maturidade, deslizar ao vivo e à cores, da America a Europa, da Europa a Africa, da Africa a Asia, da Asia a Oceania.
    Satisfeito, estou hoje por realizar as viagens que meu pai sempre almejou.
    Confesso do fundo do mais fundo a falta que ele me faz para relatar minhas aventuras!
    Sou, hoje, com muito orgulho, o perfil aventureiro de meu pai!
    ( e, gostaria, do fundo do meu ser, que você também pudesse ter o mesmo sentimento de gratidão que o meu)!
    Maruam

    • admin
      Queensberry Viagens
      17 de agosto de 2017 de 14:41 — Responder

      Bem profundo seu post. Muito sincero e inspirador!
      Já observamos este comportamento de pais para filhos, passando este hábito e amor por viagens. Já acompanhamos muitas família que foram crescendo, e agora indicando certos roteiros para os filhos e netos. É gratificante para nós também poder, de certa forma, participar destes momentos inesquecíveis na vida das pessoas!

  3. Ivan
    9 de agosto de 2017 de 16:15 — Responder

    Vocês tem algum roteiro que englobe África do Sul e Cataratas de Vitória na Zâmbia?

  4. Carmen TAMANINI
    9 de agosto de 2017 de 23:19 — Responder

    Já viajei com a família quatro vezes pela Quensberry , que considero ser do mesmo nível de excelente qualidade com o da extinta agência de viagens SOLETUR. Pena que os preços das viagens sejam atualmente tão caros. Acho que a empresa não deveria enviar por CORREIOS revistas com os roteiros para baratear custos. Deveriam sim fidelizar os clientes dando maiores descontos para aqueles que preferirem negociar diretamente com a empresa em São Paulo, sem intermediação de outras agências de viagens. Poderiam também ter roteiros de viagens para pessoas com mais de 60 anos com preços mais flexíveis. Obrigada pela atenção

    • admin
      Queensberry Viagens
      17 de agosto de 2017 de 16:06 — Responder

      Oi, Carmem! Nos esforçamos para proporcionar um serviço e produto de extrema qualidade para nossos clientes, e não há como isso não gerar um custo que é refletido no preço. Somos uma operadora que tem como principal distribuidor de seus produtos os agentes de viagens, e nos preocupamos muito com a manutenção desta relação. No entanto, isso não impede que qualquer pessoa entre em contato diretamente conosco, é apenas mais uma opção de contratação para o consumidor escolher. Inclusive, o preço sempre será o mesmo.

      Quanto a questão da fidelização, a Queensberry criou o cartão de relacionamento QueensClub, que acumula pontos para cada viagem GBM realizada e, com esta pontuação, os descontos podem variar de 3 a 30% do valor da viagem. Com relação às formas de pagamento, temos um plano que chamamos de “compra antecipada” em que o parcelamento pode chegar até 8 vezes. Obrigado por sua participação e esperamos tê-la em uma de nossas viagens em breve!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Back
SHARE

Qual o perfil de viagem do seu pai?