Nova York
é sempre agradável de ser vivida

Nova York é sempre agradável de ser vivida

[Publicado em 27/02/2018]

Nova York é clássica e única e sempre nos surpreende com novidades. E o melhor: quatro dias são suficientes para recarregar as baterias e se atualizar com as novidades da Big Apple.

Na tradicional região de Manhattan, considero o The Towers at Lotte New York Palace uma deliciosa e agradável hospedagem. Localizado na Madison Avenue, o hotel foi locação do seriado Gossip Girl, que emplacou seis temporadas ao longo de cinco anos (2007–2012).

Nova York é sempre agradável de ser vivida

Apreciar Nova York do alto de sua torre já é uma experiência muito especial. O hotel é composto por duas torres – o Lotte New York Palace e o The Towers – e oferece diversas opções de hospedagem disponíveis de acordo com as necessidades do hóspede. E o serviço é impecável, com uma equipe de funcionários tradicionais que, de forma cordial e muito profissional, torna a experiência na cidade ainda mais agradável.

Combinação perfeita da tradicional elegância com o luxo dos dias atuais, o hotel já se tornou um ícone da histórica Madison Avenue em plena Midtown. Completam a experiência o novo restaurante Villard, o Pomme Palais e o famoso bar, que, com música ao vivo, abrilhanta ainda mais as noites em suas dependências.

Nova York é sempre agradável de ser vivida

Sua localização é perfeita, em frente à St. Patrick’s Cathedral e a poucos metros do Rockfeller Center, do Museu de Arte Moderna e de diversos restaurantes, entre as quais destaco o TAO Uptown (www.taorestaurant.com), de ambiente moderno e badalado. Ótima opção para quem aprecia a culinária asiática, pois proporciona uma experiência boa e divertida.

Nova York é sempre agradável de ser vivida

E para aqueles que já conhecem bem Nova York, mas querem mudar um pouco de bairro, que tal ficar no Soho? Elegante e sofisticado, o Soho concentra ótimas e charmosas boutiques, lojas luxuosas, restaurantes, bares e comércio em geral. Hospedar-se na região é bem agradável e permite desfrutar uma Nova York mais tranquila, que dá a nítida sensação de se estar em outra cidade.

Nova York é sempre agradável de ser vivida

Minha dica para quem busca uma hospedagem mais intimista, sem abrir mão do bom serviço, é o Sixty Soho. Localizado na Thompson Street, no coração do bairro, o Sixty é um hotel boutique pequeno, charmoso e aconchegante, bem ao estilo europeu de hospedagem. O atendimento é bem personalizado e impecável, com bom café da manhã. E há ainda o restaurante Sessanta com sabores do sul da Itália, muito frequentado pelos nova-iorquinos, e o encantador rooftop A60, aberto exclusivamente para membros e para festas privativas, que oferece uma vista panorâmica única de Nova York.

Nova York é sempre agradável de ser vivida

Na mesma rua do hotel, encontram-se outras opções gastronômicas muito bacanas, a exemplo do Piccola Cucina (www.piccolacucinagroup.com), de culinária italiana, orquestrado por uma família que possui dois endereços em Nova York e um em Ibiza.

O Soho também foi presenteado com a maravilhosa Maison Ladurée, famosa pâtisserie parisiense dona dos melhores macarons do planeta (www.laduree.fr). O local é mágico. Em mais de 400 m², abriga um espaço interno que remete ao mais tradicional estilo francês de casa de chás e ainda possui um belo e charmoso pátio arborizado, repleto de mesas para se deliciar com boas opções de café da manhã, almoço, jantar e doces. O ambiente é todo decorado com peças únicas garimpadas nos mais finos antiquários parisienses. Simplesmente divino.

Nova York é sempre agradável de ser vivida

A partir do Soho, dá para fazer ótimas caminhadas e explorar diversas regiões. A poucas quadras do hotel, está o lindo Washington Square Park. Nas ruas ao redor do parque, revelam-se várias construções do século 19, um símbolo da aristocracia nova-iorquina, além da Universidade de Nova York.

Também é possível andar até o Greenwich Village. Mais longa, outra caminhada leva até a famosa High Line. O passeio pode começar pela região de Meatpack, composta por armazéns e muitos restaurantes, lojas e galerias. Caminhando pela High Line, dá para apreciar seus jardins, sua arte e artistas de rua até chegar a West Chelsea, onde vale parar no restaurante Empire Diner (www.empire-diner. com), de pratos da clássica culinária americana, para repor as energias.

De lá, a opção é seguir até Chelsea Market, uma galeria efervescente repleta de cafés, restaurantes, lojinhas e barraquinhas com artesanatos. Bem divertida. E, para terminar o final do dia, a sugestão é um passeio de barco pelo rio Hudson ao pôr do sol. É um programa bem turístico, mas as luzes de Manhattan à noite têm um brilho todo especial que merece ser visto.

Post anterior
Equador: As Ilhas Galápagos
Chile: a terra dos grandes vinhos
Próximo post
Chile: a terra dos grandes vinhos

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Back
SHARE

Nova York é sempre agradável de ser vivida