Mykonos e Santorini
sempre em alta

Mykonos e Santorini: sempre em alta

[Publicado em 10/01/2020]

As Ilhas Gregas continuam em alta na hora de os brasileiros escolherem seu destino de verão no Hemisfério Norte, principalmente Mykonos e Santorini. Pertencentes ao arquipélago das Cíclades, no mar Egeu, ambas podem ser visitadas de avião ou ferry. Mykonos e Santorini concentram grande parte do turismo internacional entre as ilhas, mas enquanto a primeira é o símbolo do agito e glamour, a segunda é a perfeita tradução da beleza paradisíaca.

Mykonos e Santorini
Em apenas 16km de comprimento e 11km de largura, Mykonos tem muito a oferecer aos turistas

MYKONOS

Mais festiva e glamourosa das Ilhas Gregas, Mykonos entrega, na alta temporada, baladas quase ininterruptas nos beach clubs – algumas delas com a presença dos DJs mais famosos da temporada e celebridades internacionais. As praias de Paradise e Super Paradise são as mais agitadas, mas também há lugar para uma vida noturna mais sofisticada nos excelentes restaurantes e bares descolados da ilha.

Agito à parte, Mykonos tem muito a oferecer aos turistas em apenas 16km de comprimento e 11km de largura. A capital Chora ou Hora (dependendo da grafia) é charmosa, com um labirinto de ruelas repleto de boutiques, além de bares, cafés e restaurantes. As famosas casas brancas e as mais de 365 igrejas reconhecidas pelo azul celeste das portas e cúpulas se espalham dentro desse labirinto de estreitas ruazinhas. Tudo perfeito para se perder e fazer grandes descobertas, e fotos.

Outras atrações são os moinhos de vento construídos pelos venezianos no século 16; o bonito Mosteiro de Panagia Tourliani, de exterior branco e domo colorido; Little Venice, um conjunto de casas coladas umas nas outras que remontam ao século 10 e ficam localizadas muito próximas ao mar;  e o Museu Arqueológico, com seu acervo de objetos gregos e romanos, entre joias, cerâmicas, vasos e esculturas.

Mykonos e Santorini
Típica loja nas ruelas da capital de Mykonos, Chora (no alto, à esq.); Delos, um dos sítios arqueológicos mais importantes da Grécia (no alto, à dir.); e, acima, acervo de objetos gregos e romanos no Museu Arqueológico de Mykonos

Irresistível é passear pelas praias, com destaque para a belíssima Kalafatis com suas águas cristalinas. Também vale a pena fazer visitar a pequena ilha de Delos, a 30 minutos de Chora, onde fica um dos sítios arqueológicos mais importantes da Grécia – um verdadeiro museu a céu aberto que serviu na Antiguidade Clássica como santuário de Apolo. As ruínas de Delos reúnem casas, fontes, santuários, teatro, templos, entre outros elementos.

SANTORINI

Com penhascos impressionantes e dona de uma beleza mágica, com seus lindos vilarejos de casas brancas, Santorini é a mais famosa das Ilhas Gregas. A origem vulcânica deu ao litoral uma paisagem surreal, que garante fotos espetaculares de vários ângulos. Duas cidades/vilarejos disputam a atenção dos turistas: Fira, a capital, e a charmosa Oia, e ambas disputam o título de pôr do sol mais bonito de Santorini.

Situada a 900 pés acima nível do mar, Fira, além das famosas casas brancas e ruelas de pedras, tem atrações como bairro medieval e a Igreja Agíou Miná, facilmente reconhecida pelo campanário branco e domo azul. Também interessante é o Museu Arqueológico, onde se encontram esculturas, cerâmicas e inscrições pertencentes a vários períodos históricos da ilha, além dos achados de Akrotíri – artefatos associados à antiga Civilização Minoica.

Mykonos e Santorini
Vilarejos de casas brancas característicos de Santorini (no alto, à esq.); a tradicional cerâmica da ilha (no alto, à dir.); e, acima, ruas estreitas e coloridas são comuns em Oia

Já Oia é o vilarejo mais charmoso e elegante de Santorini, com alguns ótimos restaurantes com vista inesquecível para o mar. “Oia é tranquila, com moinhos de ventos brancos e ruas apenas para pedestres, gatos, cachorros, cavalos, burros. Há cafés, bares, restaurantes e lojinhas de artesanato, joias, souvenires, cartões-postais”, conta a jornalista Carla Lencastre na matéria sobre a Grécia publicada na Q Travel Experiences nº 12.

DICAS DE VIAGEM

Uma dica imperdível em Santorini é o passeio de barco pela caldeira inundada, a cratera do vulcão, hoje preenchida pela água do mar, que se formou após a erupção vulcânica. Outra é degustar um vinho produzido com uvas cultivadas em solo vulcânico na região vinícola localizada ao redor do Porto de Athinios.

Mykonos e Santorini Mykonos e Santorini

Post anterior
Um brinde à Califórnia
Próximo post
Queenstown: o parque de diversões dos aventureiros

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Back
SHARE

Mykonos e Santorini: sempre em alta