Tours virtuais: visitando os grandes museus do mundo

[Publicado em 23/03/2020]

Nesses dias de distanciamento social e quarentena em nome de um bem maior, as redes sociais têm compartilhado uma série de opções de entretenimento on-line para que as pessoas usem o tempo livre da melhor forma possível. Uma das mais interessantes é fazer tours virtuais ou visitar coleções dos grandes museus do mundo. Enriquecedora, a experiência vale muito a pena.

Durante o fechamento temporário, a Galeria Nacional de Arte, de Washington (DC), por exemplo, propõe passeios pelas exposições atuais – Degas at the Opera e Raphael and his Circle –, pela coleção Highlights, que reúne os destaques do acervo, além de oferecer gravações em áudio e vídeo de palestras de artistas e curadores.

Das mais interessantes, a coleção Highlights, que muda com o tempo, é apenas uma pequena parte das mais de 150 mil esculturas, artes decorativas, gravuras, desenhos, fotografias e pinturas que compõem a coleção permanente da galeria, que foi fundada em 1937. Entre as pinturas, obras de Leonardo da Vinci, Rafael, Velásquez, El Grego, Tiziano, Rembrandt, Toulouse-Lautrec, Van Gogh e Modigliani.

Abaixo, Ginevra de ´Benci, de Leonardo da Vinci, e um dos autorretratos de Van Gogh, grandes obras da Galeria Nacional de Arte, de Washington

Também fechado até segunda ordem, o Museu do Louvre oferece visita a salas de exposições e galerias. Inaugurado como Museu Central das Artes em 1793, o Louvre é mais que um museu. Trata-se de um monumento histórico de Paris, símbolo da cidade. Em seu acervo, de 380 mil objetos, o destaque é uma das obras de arte mais famosas do mundo: a Mona Lisa, de Leonardo da Vinci.

Mais que um museu, o Louvre é um monumento histórico de Paris, símbolo da cidade

Dá para visitar as várias salas do museu, Galeria Michelangelo, Sala Rembrandt, Pinturas de Luís XIV, as coleções egípcias – Dos Antigos Faraós a Cleópatra, Tutankamon e seus Sucessores – e as dedicadas ao Irã e Império Persa e à arte Arte Romana. Há ainda um interessante vídeo sobre a história do museu.

Acima, obras da coleção egípcia e relíquia persa do Museu do Louvre, que tem em seu acervo uma das obras de arte mais famosas do mundo: a Mona Lisa

Outra opção é passear pela coleção do Museu Arqueológico Nacional de Atenas, o maior museu da Grécia, que também figura na lista dos mais importantes do mundo. Construído no século 19, abriga uma coleção de mais de 11 mil itens, entre artefatos e obras de arte que oferecem um panorama cultural da Grécia Antiga, da Pré-História até a chamada Antiguidade Tardia.

Potes e vasilhas em terracota, coroas e objetos em ouro no acervo do Museu Arqueológico Nacional de Atenas

Na visita on-line, dá para conhecer boa parte do vasto acervo do museu, que é dividido em departamentos e coleções: Pré-História; Esculturas, com diversas obras-primas; Metais, que apresenta trabalhos em metalurgia da Idade do Bronze; Vasos e pequenos objetos, com elementos representativos da antiga cerâmica grega; Egito e Oriente Próximo, entre outras.

Também é possível visitar as coleções:

O magnífico Museu Hermitage, de São Petersburgo, também oferece passeios virtuais pelo seu acervo