Casamentos pelo Mundo
Conheça diferentes tradições

Casamentos pelo Mundo Conheça diferentes tradições

[Publicado em 30/10/2020]

Uma das coisas mais espetaculares de viajar para um país que não é o seu, é ter contato com a diversidade, o diferente e até mesmo o inusitado. Viajar nos permite senão entender, pelo menos respeitar e conviver com todas essas diferenças. O mundo tem maneiras curiosas de viver a vida e manifestar sua cultura, seja pela gastronomia, arte, danças, ou até mesmo pelo jeito de celebrar eventos ou datas importantes. É o caso de uma cerimônia de casamento:  pode ser num templo religioso, praia ou algum outro lugar. O que vale mesmo, é fazer conforme a tradição, que com todas as particularidades tornam esse dia tão sonhado por muitos, especial e inesquecível.

Em alguns países as cerimônias são repletas de simbologia e costumes: quebra de copo em casamentos judaicos, desenhos de henna nas mãos da noiva em casamentos indianos, punhal próximo ao coração da noiva em casamentos japoneses, e por aí vai…

Conheça nessa matéria, algumas curiosidades, costumes e tradições que acontecem nos casamentos ao redor do mundo, e que fazem da cerimônia, um momento encantador e surpreendente. Confira!

CASAMENTO JUDAICO

São inúmeras as tradições em um casamento judaico. Celebrado sob a Chupá ou Khupá  (pronuncia-se Rupá), uma espécie de tenda confeccionada em tecido esticado em quatro varões, símbolo da moradia a ser dividida pelo casal, a cerimônia deve ser realizada preferencialmente sob céu aberto, sendo a Chupá aberta de todos os lados simbolizando o desejo de sempre se ter um lar aberto e acolhedor. No momento das alianças, o noivo coloca o anel no dedo indicador da mão direita da noiva, e não na esquerda como é de costume na maioria dos países.

Uma outra tradição, é a quebra do copo de vidro. O noivo quebra esse copo que é colocado no chão, lembrando a todos que mesmo na maior alegria pessoal deve-se lembrar da destruição do antigo Templo de Jerusalém e continuar a almejar pela sua reconstrução, além de proporcionar ao casal sua identidade de povo judeu. Nesse momento, a atmosfera solene é rompida e todos os convidados gritam Mazel Tov (que significa: Sorte!) e começam as danças e música. Os judeus também têm a tradição de passar o dia do casamento em oração, reflexão espiritual e jejum, desde o nascer do sol até o final da cerimônia.

casamentos

CASAMENTO INDIANO

Bem diferente dos costumes ocidentais, o casamento indiano – que dura em torno de três a sete dias – é considerado uma união muitíssimo sagrada e imutável. Isso porque a maioria dos hindus acredita que uma pessoa solteira não tem nenhum status social. A cerimônia é recheada de ritos e tradições. Existe a troca de guirlanda de flores entre os noivos, caracterizando um símbolo de boas-vindas de um ao outro em suas vidas, seguido de um outro ritual onde os noivos passam uma mistura de sementes de cominho e açúcar, um no rosto do outro, representando o amargo e o doce.

Já a noiva, antes da cerimônia, recebe desenhos de henna nos braços, mãos e pés chamados “menhdi”. Acredita-se que os desenhos evitam mau-olhado e detêm os maus espíritos, livrando a mulher de inúmeras doenças. Até que a tatuagem desapareça completamente da pele, a noiva não deve se preocupar com os afazeres domésticos. É costume também, tatuar as iniciais do noivo em alguma parte escondida do corpo, para que ele encontre na noite de núpcias. Além dessa tradição, a noiva indiana também deve estar adornada com muitas joias.

CASAMENTO GREGO

Dois ou três dias antes do casamento, já começa a alegria dos gregos com a união do casal, que é quando os noivos organizam uma festa chamada Krevati (“cama” em grego), em sua nova casa. Nesse dia, os parentes e amigos do casal, colocam dinheiro e crianças na nova cama dos noivos para trazer prosperidade e fertilidade, e seguem para uma celebração com muita comida e música!

No dia do casamento, os noivos usam uma coroa chamada Stefana, feito com um aro fino branco e dourado enfeitado com flores ou pérolas, com uma fita amarrada que liga as duas coroas, simbolizando a união do casal. As coroas são trocadas entre o casal (três vezes!) por um padrinho, para fazer a ligação espiritual. Depois de compartilharem uma taça de vinho, o sacerdote conduz o casal segurando a fita das coroas, dando três voltas ao redor do altar para que sejam declarados casados. Mas a tradição que faz parte da cultura grega há aproximadamente 4 mil anos, é a quebra dos pratos ao som de música folclórica tradicional! Uma das teorias que podem explicar o ritual é que os gregos antigos diziam que o barulho afastava os maus espíritos, mas há quem diga que significa prova de desapego aos bens materiais, ou até mesmo, desejo de sorte e prosperidade aos noivos. Como lembrança da cerimônia, as convidadas solteiras recebem amêndoas e segundo a tradição grega, se for colocado debaixo do travesseiro, sonhará com o homem com quem vai se casar!

casamentos

CASAMENTO JAPONÊS

No Japão, as pessoas se casam através de dois jeitos: Omiai Kekkon, que seriam os casamentos arranjados (pretendentes escolhidos pela família) ou por Ren´ai Kekkon (casamento por amor), que começou a se popularizar especialmente após a Segunda Guerra Mundial.

Nas cerimônias mais tradicionais, que possuem diversos rituais, os noivos optam por quimonos feitos de seda, que são trajes da cultura japonesa: preto para o homem (Hakama) e branco para a mulher (Shiromuku), considerado símbolo da pureza pelos japoneses. A noiva completa seu visual, normalmente com perucas e uma peça colocada na cabeça: o wataboshi, que é usado durante a cerimônia religiosa, e o tsunokakushi que é usado durante a recepção do casamento, com adorno de flores, pérolas e pendentes de ouro levando sorte ao casal. Além disso, as noivas também podem usar quimonos estampados com motivos florais, aves, crisântemos ou grous, que simbolizam a fidelidade e longevidade. Confira abaixo uma cerimônia tradicional japonesa!

TRADIÇÕES MUITO DIFERENTES!

  • Nigéria: se a noiva engordar antes do casamento (ou mesmo depois), o noivo tem o direito de mandá-la de volta para seus pais.
  • Quênia: em alguns povoados, no primeiro mês após o casamento, o noivo deve vestir roupas femininas e desfilar pela aldeia para compreender o quão difícil é ser uma mulher. Já a noiva, como benção de despedida, o pai cospe leite debaixo de seus colares e em sua jornada para o novo lar, é proibida de olhar para trás.
  • Etiópia: na tribo Surma, antes do casamento, a menina deve extrair os seus dentes inferiores, perfurar o lábio e inserir um disco de argila nele. De tempos em tempos, o disco é substituído por um de diâmetro maior. Isto simboliza o nível de riqueza da família da noiva.
Post anterior
VIAJE TRANQUILO PELO BRASIL: AÇÕES E PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA
Próximo post
SÍMBOLOS DO NATAL: descubra a origem e seus significados

6 Comentários

  1. Rita de Cássia Bevilacqua Dal Lago
    2 de novembro de 2020 de 23:04 — Responder

    Muito interessante a reportagem sobre casamentos em diferentes países. Estive em um templo no Japão e não entendi o porque do traje da noiva , agora depois da reportagem compreendi a razão do uso do mesmo , todo cerimonial . Obg

    • Queensberry Viagens
      3 de novembro de 2020 de 09:46 — Responder

      Olá Rita! que bom saber que você apreciou nossa matéria!

  2. Beth
    30 de outubro de 2020 de 19:46 — Responder

    Fiz uma viagem pela Índia com a Queensberry e tive a sorte de ver e participar de um casamento no hotel que estávamos .Eu fui no lugar onde era a festa e pedi para participar e eles foram extremamente gentis .Foi fantástico.

    • Queensberry Viagens
      31 de outubro de 2020 de 11:51 — Responder

      Olá Beth! que oportunidade incrível !! agradecemos em ter compartilhado conosco !!

  3. Marli de Souza Albuquerque Nucci
    30 de outubro de 2020 de 15:36 — Responder

    Parabéns pelo texto. Super interessante. Gostei muito.

    • Queensberry Viagens
      30 de outubro de 2020 de 17:07 — Responder

      Olá Marli!! Agradecemos sua mensagem! Ficamos felizes que tenha gostado da matéria!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

Back
SHARE

Casamentos pelo Mundo Conheça diferentes tradições